PALESTRA: "A poesia chinesa e a sua tradução para o português", pelo Prof. Yao Jing Ming (Universidade de Macau)

Data do Evento: 
seg, 22/08/2011 - 10:00 - 12:00

Local: Sala 260, Prédio de Letras, Avenida Luciano Gualberto, 406, Cidade Universitária.

(Ciclo de Palestras sobre Tradução do CITRAT e do Departamento de Letras Modernas, FFLCH, USP).

Todas as poesias no mundo têm as mesmas características no sentido de que, por um lado, a poesia é uma nostalgia de diálogo, querendo ser a voz de toda a gente, mas por outro, o poeta pretende medir o seu universo para além da palavra. Por isso, um poema, tanto em chinês como em português, sempre supõe ou sugere um pouco tanto aquém como para além do texto, habitando o pleno, o vazio, o ambíguo, o sonho, o silêncio? Assim, a tradução de poesia nunca pode ser reduzida a uma mera operação linguística e o tradutor tem que ter consciência daquilo que é o material poético de um poema a fim de transparecê-lo na língua de chegada, ou seja, fazer com que um poema, depois de traduzido, continue a ser poema.