TradTerm - Número 18

 

DO BILÍNGUE AO TRADUTOR, DO ENUNCIADO À ENUNCIAÇÃO: NOTAS SOBRE UMA PERSPECTIVA ENUNCIATIVA DO TRADUTOR E DA TRADUÇÃO

 

Paula Nunes

 

 

O ato tradutório não é uma prática independente, isolável, exceto por abstração pedagógica. O ato tradutório é um ato de linguagem. (…) Teorizar sobre tradução é equivalente a teorizar sobre linguagem.

 

Francis Aubert

 

 

Abstract: This paper begins with the following inquiry: if every bilingual is able to translate from their mother language to a foreign one (and vice-versa), what makes a translator unique and different from an average bilingual speaker? The hypothesis stated in this text is that the referred difference lies on the specialized reading a translator has of the text to be translated. Thus, it is proposed that, considering the theoretical scope of enunciative studies, translators read the process of meaning construction of the original text (that is, the énonciation), versus reading the product (that is, the énoncés), a natural procedure for a bilingual. Therefore, this article attempts to contribute for the studies on translation through the view of an enunciative theory, (re)thinking how Enunciation Language Studies conceive the role of the translator, as well as how the very practice of translation is conceived.

Key-words: Translator - Specialized reading - Enunciative studies.

 

Resumo: O presente trabalho parte da seguinte indagação: se todos os falantes bilíngues possuem a capacidade de traduzir de sua língua materna para a língua estrangeira (e vice-versa), o que singulariza o tradutor e o diferencia do bilíngue comum? A hipótese levantada nesse texto é a de que a diferença reside essencialmente na leitura especializada que um tradutor realiza do texto a ser traduzido. Propõe-se, então, por meio do escopo teórico da Linguística da Enunciação, que o tradutor realiza uma leitura do processo de criação da significação do texto original (ou seja, da enunciação), em oposição à leitura do produto (ou seja, o enunciado), própria do falante bilíngue. Com isso, o texto tenta contribuir para os estudos sobre tradução desde uma visada teórica enunciativa, (re)pensando como os estudos enunciativos da linguagem percebem o papel do tradutor e concebem a prática tradutória.

Palavras-chave: Tradutor - Leitura especializada - Enunciação.

 

 

 

AVALIANDO TRADUÇÕES

 

 

Vinicius Martins

 

Abstract: Translation criticism is often made by people not so familiar with Translation Studies and, even in the case of newspaper reviews, based on unclear criteria. This article rehearses an approach to the problem of evaluating translation from four authors: Halliday (2001), House (1997 and 2001), Reiss & Vermeer  (1984) and Toury (1978), in an effort to indicate in what sense and for what reason critical evaluation of translations, while necessary and, in our view, possible, needs to consider a wider range of criteria to be really useful to the translation reader, beyond simplistic views of the relationship of “fidelity” between source text and target text.

 Keywords: Translation Studies - Translation criticism - Evaluation parameters – Dialect translation.

Resumo: A crítica de tradução é frequentemente feita por pessoas pouco familiarizadas com os Estudos da Tradução e, mesmo no caso das resenhas jornalísticas, a partir de critérios pouco claros. Este artigo ensaia uma abordagem da problemática envolvida na avaliação de traduções a partir de quatro autores: Halliday (2001), House (1997 e 2001), Reiss e Vermeer  (1984) e Toury (1978), num esforço para apontar em que sentido e por que a avaliação crítica de traduções, embora necessária e, de nosso ponto de vista, possível,  precisa levar em conta uma maior variedade de critérios para ser de fato útil a um usuário da tradução, indo além de visões simplificadoras da  relação de “fidelidade” entre texto-fonte e texto-meta.

Palavras-chave: Estudos da Tradução - Crítica de tradução - Parâmetros de avaliação - Tradução dialetal.

 

 

A IMPORTÂNCIA DOS ESTUDOS DA CRÍTICA TEXTUAL PARA A TRADUÇÃO LITERÁRIA: ANÁLISE DA TRADUÇÃO DE DOIS POEMAS DE EMILY DICKINSON

 

Mariana Ribeiro de Souza

 

Abstract: This article deals with the analysis of the essay “Questions of diction and poetic creation in the translation of Emily Dickinson" by the translator, poet and writer José Lira in the light of the studies of textual criticism. It attempts to consider how the knowledge of the concepts of modern textual criticism can help the literary translator in his translation process. This discussion refers to the heart of the discussion in the study of textual criticism and translation studies in literature: the question of the interpretation of literary works.

José Lira, in his essay on the translation of poems by Emily Dickinson, shows how he makes his “definitive” choices during the translation of her poems. It is in pursuit of this creative process of the poet that he finds his own. The translator uses the studies of modern textual criticism to find the voice of the writer and his own.

 

Keywords: Textual Criticism - Literary Translation – Interpretation - Emily Dickinson - José Lira.

 

Resumo: Este artigo trata da análise do ensaio “Questões de dicção e criação poética na tradução de Emily Dickinson” do tradutor, poeta e escritor José Lira, à luz dos estudos de Crítica Textual. É uma tentativa de pensar o quanto o conhecimento dos conceitos da moderna Crítica Textual pode ajudar o tradutor literário em seu processo tradutório. Esta reflexão remete ao cerne da discussão tanto nos estudos da Crítica Textual quanto nos Estudos da Tradução de literatura: a questão da interpretação da obra literária. José Lira, no seu ensaio sobre a tradução de poemas de Emily Dickinson, aponta o quanto ele procura a artista para fazer suas escolhas tradutórias “definitivas”. E é na busca desse processo criador da poeta que ele mesmo encontra o seu. O tradutor se utiliza dos estudos da Crítica Textual para achar a voz da escritora e a sua própria.

Palavras-chave: Crítica Textual - Tradução Literária – Interpretação - Emily Dickinson - José Lira. 

 

 

TRADUZINDO CLÁSSICOS: GEFUNDEN, DE GOETHE – O TRABALHO DO BARÃO DE PARANAPIACABA E SUGESTÃO DE NOVA TRADUÇÃO

Mateus Duque Erthal

 

Resumo: Neste trabalho pretende-se uma breve discussão a respeito das possibilidades e limitações da tradução poética e, principalmente, de como a tradução pode ser encarada como processo, desviando para este polo a atenção e importância geralmente dadas ao produto final. O exercício feito com a tradução do poema Gefunden, de Goethe, deve ser encarado como tal, ou seja, como um exercício de tradução, realizado em ambiente universitário, relativamente controlado, em que se prioriza a reflexão acadêmica.

Palavras-chave: Tradução poética (alemão-português); Goethe; Fidelidade versus liberdade na tradução; Processo tradutório.

Abstract: This article brings up a brief discussion about the possibilities and limitations of poetry translation, more specifically about how translation can be faced as process, by shifting to this aspect the attention and importance usually given to the final product. The exercise done with the translation of Goethe's poem Gefunden is to be taken into account as such, i. e., a translation exercise, conducted in a relatively controlled university environment, in which academic reflection is prioritized.

 

 

 

Keywords: Poetry translation (German-Portuguese); Goethe; Fidelity versus freedom in translating; Translation process.

 

 

BEI DAO E A ERA GLACIAL: TRADUÇÃO E COMENTÁRIOS DO POEMA “A RESPOSTA” (回答)

Antonio José Bezerra de Menezes Jr

 

Para mim o Brasil é o país do amor, do improviso, do jeitinho, onde qualquer um dorme burro e acorda gênio, onde o esquerdista de hoje é o direitista de amanhã, onde o direitista de hoje é o chinês de amanhã.

 

Torquato Neto

 

Abstract: This paper aims to translate and examine the poem "The Answer" by the poet Bei Dao, one of the leading names in contemporary Chinese poetry, especially the post-Cultural Revolution poetry

 

Keywords: Bei Dao – Misty Poets (Menglong Shiren) – Chinese Contemporany Poetry – Scar literature (Shanghen Wenxue) - Cultural Revolution (China, 1966-1976).

 

Resumo: O presente trabalho tem por objetivo traduzir e examinar o poema “A Resposta” do poeta Bei Dao, um dos principais nomes da poesia contemporânea chinesa, especialmente da poesia pós Revolução Cultural.

 

 

Palavras-chave: Bei Dao - Poetas Nebulosos (Menglong Shiren) - Poesia Contemporânea Chinesa - Literatura da Ferida (Shanghen Wenxue) - Revolução Cultural (China, 1966-1976).

 

 

 

 

 

VLADÍMIR NABÓKOV: AS ARTES DA TRADUÇÃO

Graziela Schneider Urso

 

Abstract: This paper will look at Vladimir Nabokov in the light of the interrelation between writing and (self-)translating, highlighting intersections of (re)reading, (re)translating, (re)creating, (re)editing, (self)translating and (re)writing. His being trilingual from an early age did not make Nabokov’s path to changes and ultimate exile – from his Language – less complex than his farewell to and increasing distance – from his Land, both being recollected and recreated through memory and otherness. Chameleonic writer, translator, teacher, scholar and theoretician, Nabokov takes hold of self-translation, intertwining the limits of Life, Art, Fiction, Metaphor, and transforming self-translation transpositions into an “eternal return”, infinite process of re-writing and re-creating the (de)construction of the new literary text in the new language, in a fusion of past and future. Challenging the boundaries of Literature, Language, and Translation through prose-poetry, traditional-modern, conservative-innovative, originals-translations dichotomies, Nabokov orchestrates the art of composition and intertextuality – culminating in the unique Nabokovian poetics – punning with the omniscient, omnipresent, and omnipotent consciousness of writing and translating and the incompleteness of expression and speech before thought and feeling. The frantic experience of translating for the first time from Russian into Portuguese Nabokov’s “Spring in Fialta” (1956), in parallel to the Russian text’s confrontation with the author’s self-translation into English and his translation processes, raises issues about the dislocations in his literary landscape and language, and observe the relation between  (re)reading, (re)writing, (self)translating and plural cultural and artistic identities, revisiting the Nabokov writer as a translator and the Nabokov translator as a writer.

 

Keywords: Nabokov, Vladímir 1899-1977 - Russian Literature - Russian Culture - Russian - Translation - Self-Translation.

Resumo: O presente artigo considerará Vladímir Nabókov à luz da interrelação de escrever e (auto)traduzir, realçando as intersecções de (re)ler, (re)traduzir, (re)criar, revisar, (auto)traduzir e (re)escrever. Ser trilíngue desde a infância não tornou sua trajetória de transformações e o derradeiro exílio – de sua Língua – menos complexos do que a partida e a crescente distância – de sua Terra – ambas, rememoradas e recriadas pela memória, continuam em sua ficção. Escritor, tradutor, professor, teórico camaleônico, Nabókov se apodera da autotradução, entrelaçando os limites da Vida, Arte, Ficção, Metáfora, transformando transposições de autotradução em um eterno retorno de infinitos processos de (re)escritura e (re)criação da (des)construção do novo texto literário na nova língua, em uma fusão de passado e futuro. Desafiando as fronteiras entre Literatura, Linguagem e Tradução em dicotomias poético-prosaicas, tradicional-modernas, e caminhos entre originais e novos originais, Nabókov orquestra a arte da composição e a intertextualidade, culminando em uma poética nabokoviana sui generis – uma consciência onisciente, onipresente e onipotente da escritura e do ato tradutório e da incompletude da expressão diante do pensamento e sentimento. O enlevo de traduzir pela primeira vez, do russo ao português, contos da coletânea Primavera em Fialta (1956), que o próprio Nabókov reuniu, em paralelo ao cotejo com as autotraduções desses contos para o inglês e seus processos de tradução, suscita questões sobre os deslocamentos em sua paisagem e língua literária e sobre a relação entre (re)ler, (re)escrever, (auto)traduzir e identidades culturais e artísticas plurais, revisitando o Nabókov escritor como tradutor e o Nabókov tradutor como escritor.

 

Palavras-chave: Nabókov, Vladímir 1899-1977 - Literatura Russa - Cultura Russa - Língua Russa - Tradução - Autotradução.

 

 
 

A TAREFA/RENÚNCIA DO TRADUTOR EM JOSÉ MARÍA ARGUEDAS

Ligia Karina Martins de Andrade

 

Abstract: This article covers the translation tasks developed by Peruvian writer and anthropologist José María Arguedas. It will analyze how the author conceives a theory of translation in his work, based on the creation of poetical metaphors about translation which, in a certain way, try to find solutions for the author's dilemma as for introducing Quechua language – that has an oral and enchanted nature – into Castilian writing. Moreover, it will approach the implications of each such translation metaphors on his search for an ideal or utopian language that could narrate the “core” of the world lived in Quechua in this language dispute.

Keywords: 1. Writing; 2. Translation; 3. (Self)Translation; 4. Language; 5. Peruvian literature.

Resumo: Neste artigo, tratar-se-á da tarefa de tradutor levada adiante pelo escritor e antropólogo peruano José María Arguedas. Analisar-se-á de que modo o autor concebe uma teoria da tradução em sua obra a partir da elaboração de metáforas poéticas da tradução, as quais de certa forma buscam soluções ao dilema do autor de infundir a língua quéchua, de caráter oral e encantado, na escrita em castelhano. Além disto, observar-se-ão quais as implicações de cada uma dessas metáforas da tradução em sua busca pela língua ideal ou utópica que pudesse narrar “a essência” do mundo vivido em quéchua nesse embate entre as línguas.

 

Palavras-chave: Escrita- Tradução- (Auto)tradução – Linguagem - Literatura peruana.

 

 

 

ELOGIO DA TRADUÇÃO: UMA LEITURA DE SEU ROSTO AMANHÃ, DE JAVIER MARÍAS

Maria Célia Martirani

 

Abstract: The fiction of the contemporary spanish writer Javier Marías is about the art of translating. Indeed, especially in his trilogy, titled Your face tomorrow (v.1: Fever and spear v.2: Dance and dream; v.3: Poison, shadow and farewell), published respectively in 2002, 2004 and 2007 in Brazil by Cia das Letras, the art of translating, mainly in the 1st volume, plays a central role in the structure of the novel. Draws attention how he transforms poetically, much of his real experience as a translator. In this sense, one of the recurring features of the work which I propose to analyze here, is the exaltation of the translator as a professional and the ethical consequences that result from it. Our study is therefore designed to check the narrative procedures of the novel, according to some concepts of the Translation’s and Translator’s Theory, as proposed by Albrecht and Kade and, most of all, according to Bausch’s theory about the translator’s role as a particular reader who re-creates the text.

Keywords: Javier Marías – Translator – Art of translating – Fiction – Bausch.

Resumo: O escritor madrileno contemporâneo Javier Marías vem privilegiando, em sua narrativa ficcional, a tradução. Com efeito, especialmente em sua trilogia, intitulada Seu rosto amanhã (v.1: Febre e lança; v.2: Dança e sonho; v.3: Veneno, sombra e adeus), publicada, respectivamente, em 2002, 2004 e 2007, no Brasil pela Cia. das Letras, a arte de traduzir, sobretudo no 1º volume, assume papel central na estrutura do romance. Chama a atenção como ele a ficcionaliza e a torna complexa, transfigurando poeticamente muito de sua experiência real como tradutor. Nesse sentido, um dos traços recorrentes da obra, que aqui se pretende analisar, é o da exaltação da profissão de tradutor, que o protagonista narrador exerce e as consequências éticas a que isso conduz. Nosso estudo visa, pois, verificar os procedimentos narrativos do romance, partindo de alguns conceitos da teoria da tradução e de tradutor, propostos por Kade e Albrecht, num primeiro momento e a seguir, do modelo tradutório, cuja base é a da concepção centralizadora do papel do tradutor como leitor particular, que re-cria o texto, nos termos de Bausch, numa releitura de Arcaini.

Palavras-chave: Javier Marías – Tradutor – Arte de traduzir - Ficção – Bausch.

 

 

 

TRADUÇÃO, PARÓDIA E PARÁFRASE: AS REESCRITURAS POÉTICAS DE MANUEL BANDEIRA 

Célia Luiza Andrade Prado

 

 

Bandeira é um refazedor da tradição. Um leitor dos clássicos e um reescrevedor de poesia.

 

Affonso Romano de Sant'Anna

 

Abstract: A broader approach to translation considers it as a form of rewriting. This manipulative process overlaps with the concept of adaptation. If on one hand rewriting can be seen as an act of expropriation, on the other, it frees it from the source text straightjacket and disrupts the concept of work of art as a unique and irreplaceable object. Many types of textual transference, – paraphrase, parody and "translation into modern" – by Manuel Bandeira are characterized by the manner how they are freely recreated in the target language and are highly praised by the critics. The objective of this paper is not to make a detailed contrastive analysis of the poems recreated by Bandeira, but to provide some illustrative examples of the discussion about adaptation/translation concepts.

 

Keywords: Translation - Rewriting - Paraphrase - Parody.

Resumo: A maneira abrangente de repensar a tradução como uma forma de reescritura aproxima-a da adaptação e evidencia o seu caráter autoral. Se por um lado a reescritura é considerada uma atividade usurpadora, por outro liberta a obra do jugo do texto fonte, modificando o conceito da obra de arte como objeto único e insubstituível. Os vários tipos de transposição textual – paráfrase, paródia e "tradução para o moderno" – de Manuel Bandeira se caracterizam pela liberdade como são recriadas na língua alvo e altamente consideradas pela crítica. O objetivo deste trabalho não é de elaborar uma análise metódica e detalhada dos poemas recriados por Bandeira, mas de apresentar alguns exemplos que se inserem na discussão sobre conceitos de adaptação e tradução.

 

Palavras-chave: Tradução - Reescritura - Paráfrase - Paródia. 

 

 

ANÁLISE DA TRADUÇÃO/ADAPTAÇÃO DE TEXTOS DRAMÁTICOS SOB A PERSPECTIVA DA LINGUÍSTICA DE CORPUS 

Ana Julia Perrotti-Garcia

 

Abstract: Computer tools may help the analysis of written texts. The aim of the present study was to determine if such tools would also be useful for the analysis of drama texts. The following computer tools were used in the present study: a worl-list generator, an aligner and a parallel concordancer. The tapescript of the English dramatist David Farrs’ play Ruckus in the Garden, and its Brazilian Portuguese translated version were part of the study corpus. The pilot study has shoen that the computer tools can help systematize and treat linguistic data to be analysed, speeding analysis and making it more consistent. 

 

Keywords: Translation - Corpus linguistics – Drama texts.

Resumo: As ferramentas computadorizadas podem ajudar na análise de textos em geral. O objetivo do presente estudo foi testar se tais ferramentas também poderiam ser úteis ao analisar textos dramáticos. As ferramentas computacionais incluídas no presente estudo são: um gerador de listas de palavras, um alinhador e um concordanciador paralelo. Para a análise, utilizamos a peça Ruckus in the Garden, escrita por David Farr, dramaturgo britânico e sua tradução ao português. A partir da pesquisa aqui realizada, pudemos concluir que as ferramentas computacionais ajudam na sistematização e no tratamento dos dados a serem analisados, tornando mais ágil e consistente a manipulação dos textos a serem pesquisados. 

 

Palavras-chave: Tradução – Linguístca de corpus – Textos dramáticos.

 

 

PARA SE DESOPILAR O FÍGADO: APORIAS E SOLUÇÕES AO SE TRADUZIR ALPHONSE ALLAIS

Alexandre Prudente Piccolo

 

Rire, c’est se sentir supérieur.

 

Marcel Schwob



Abstract: Having translated to Portuguese almost thirty Alphonse Allais’ French chronicles/short-stories, taken from different book collections of the author, I present a brief overview of his texts and some of his discursive strategies on producing comic effects; afterwards, I argue some aporias when translating certain passages, as well as some solutions I do believe suitable in Portuguese.

Keywords: Alphonse Allais; French literature; Humorous text; Humor; Comicality; 19th century.

Resumo: Depois de traduzidos quase trinta crônicas/contos de Alphonse Allais, extraídos de coleções variadas do autor, apresento um breve panorama de seus textos e algumas de suas estratégias discursivas na produção de efeitos cômicos; ademais, discuto certas aporias ao se traduzirem determinadas passagens, bem como soluções que julgo adequadas na versão para o português.

 

Palavras-chave: Alphonse Allais; Literatura francesa; Texto humorístico; Humor; Comicidade; Século XIX.

 

 

TRADUÇÃO E ADAPTAÇÃO DE MANGÁS: UMA PRÁTICA LINGUÍSTICO-CULTURAL

Rafael Schuabb Poll da Fonseca

 

Abstract: The translation, which importance was emphasized by Jakobson (1975) and Flusser (2002), has its importance increasingly recognized and therefore is gaining more space in the fields of linguistic research. The task of translating is much more complex than just a mere barter language, a simple exchange of synonyms between languages. The advancement of translation studies allied to grandeur of the Japanese market for mangas and their infiltration into the Brazilian publishing market are the two great apologists of my research, which seeks to understand the mechanics of translation and adaptation of mangas, through exposure and analysis its main obstacles, listed by Arnaldo Oka, chief translator of the JBC Publisher, at the XIX Encontro Nacional de Professores Universitários de Língua, Literatura e Cultura Japonesa.

 

Keywords: Translation; Adaptation; Manga; Cultural exchange.

Resumo: A tradução, cuja relevância foi ressaltada por Jakobson (1975) e Flusser (2002), tem sua importância cada vez mais reconhecida e, por isso, vem conquistando mais espaço nos campos de pesquisa linguísticos. A tarefa de traduzir é muito mais complexa do que simplesmente um mero escambo linguístico, uma simples troca de sinônimos entre línguas. O avanço dos estudos de tradução aliado à imponência do mercado japonês de histórias em quadrinhos e à sua infiltração no mercado editorial brasileiro são os dois grandes justificadores de minha pesquisa, que busca compreender a mecânica da tradução e da adaptação de mangás, através da exposição e análise dos seus principais obstáculos, enumerados por Arnaldo Oka, tradutor-chefe da Editora JBC, em palestra realizada no XIX Encontro Nacional de Professores Universitários de Língua, Literatura e Cultura Japonesa.

 

Palavras-chave: Tradução; Adaptação; Mangá; Intercâmbio cultural.

 

 

 

"A GRANDE FAMÍLIA - O FILME" E "THE BIG FAMILY - THE FILM": A TRADUÇÃO NO ENSINO COMUNICATIVO DE LÍNGUAS

Marileide Dias Esqueda, Rosana Carla de Oliveira e Silvana Maria de Jesus

 

If real-life translation is emulated in the classroom, it will soon become clear to language students that expressions in the two languages do not necessarily correspond one-to-one, and that even when they do, the contexts for the two texts may differ so radically that the TL (Target Language) expression which is usually considered the closest “equivalent” of the SL (Source Language) expression is in fact unsuitable for TT (Target Text). In such situations, students will certainly be required to practice focused thinking in both languages. (Malmkjaer 1998: 8)

 

 

 

Abstract: This work reports on the use of translation activities in foreign language classrooms – English Language Teaching – advanced level. Some dialogs of “The Big Family – The Film” were chosen in the pair of languages Portuguese-English, to be accomplished by the students as translation activity, whose purpose was to discuss their concepts on translation, about the translator and the translation for subtitling. Afterwards, the students compared their translation with the English version presented on the film DVD, which ended up modifying their assumptions about translation.

 

Keywords: Translation - Language teaching - Subtitling translation.

Resumo: Esta pesquisa tem como objetivo refletir sobre a inserção de atividades de tradução na sala de aula de língua estrangeira – inglês, nível avançado. Foram escolhidos alguns diálogos do filme “A Grande Família – O Filme” como atividade tradutória a ser realizada no eixo português-inglês junto aos alunos, a partir da qual se discutiu o conceito destes acerca da tradução, do tradutor e da tradução para produção de legendas. Os alunos contrastaram suas traduções com a versão em língua inglesa presente no DVD do filme, o que revelou modificar seus posicionamentos frente à tradução. 

 

Palavras-chave: Tradução - Ensino de línguas - Tradução para produção de legendas.

 

 

 

ANÁLISE DO DESEMPENHO DE EXTRATORES AUTOMÁTICOS DE CANDIDATOS A TERMOS: PROPOSTA METODOLÓGICA PARA TRATAMENTO DE FILTRAGEM DOS DADOS

Rosana de Barros Silva e Teixeira

 

 

Abstract: This article aims to present one aspect of the masters dissertation entitled (Onco)mastology terms: a corpus-mediated approach (2011). This work will explore one of the goals that guided the study, namely, verifying the success rates of four computational tools for automatic extraction of term candidates: Corpógrafo 4.0, WordSmith Tools 3.0, e-Termos and ZExtractor. Two corpora were used in the investigation: the study corpus (MAMAtex), with a total of 563,482 words, and a reference corpus (Banco de Português 1.0), with 125,927,624 words. The first, which is specialized, consists of some of the genres of scientific discourse, of scientific dissemination and instruction in (Onco)mastology, while the second, a general-language text, includes various genres. Two approaches were chosen to support this analysis from the theoretical and methodological standpoint: the Communicative Theory of Terminology (CABRÉ 1993) and Corpus Linguistics (SINCLAIR 1991; BERBER SARDINHA 2004, 2005). As revealed by the data, Corpógrafo 4.0 ranks highest, with 27.56% accuracy, followed by ZExtractor (26.05%), WordSmith Tools 3.0 (21.77%) and e-Terms (14.44 %). In order to make feasible the examination of candidates, given that the lists generated by the programs included thousands of words, a methodology was developed using Microsoft Office Excel 2007 for filtering candidates common to all the tools and unique to each one. This cut in the data served as a possibly feasible "methodological shortcut" for optimizing the selection of term candidates from lists processed by two or more programs. 

 

 

Keywords: Terminology - Corpus Linguistics - Computational tools - Automatic extraction of term candidates. 

 

Resumo: Este artigo pretende apresentar um aspecto da dissertação de mestrado intitulada Termos de (Onco)mastologia: uma abordagem mediada por corpus (2011). Nesta ocasião, explorarei um dos objetivos que norteou a pesquisa, qual seja, a verificação do índice de acerto de quatro ferramentas computacionais para extração automática de candidatos a termo: Corpógrafo 4.0, WordSmith Tools 3.0, e-Termos e ZExtractor. Dois corpora prestaram-se à investigação: o de estudo (MAMAtex), que totaliza 563.482 palavras, e o de referência (Banco de Português 1.0), com 125.927.624 palavras. O primeiro, especializado, é composto de alguns dos gêneros dos discursos científico, de divulgação científica e instrucional da (Onco)mastologia, enquanto o segundo, de linguagem geral, compreende gêneros discursivos variados. Para subsidiar a análise do ponto de vista teórico-metodológico, foram eleitas duas abordagens, a Teoria Comunicativa da Terminologia (CABRÉ 1993) e a Linguística de Corpus (SINCLAIR 1991; BERBER SARDINHA 2004, 2005). Conforme apontam os dados, o Corpógrafo 4.0 lidera o ranking, com 27,56% de acerto, seguido, respectivamente, pelo ZExtractor (26,05%), WordSmith Tools 3.0 (21,77%) e e-Termos (14,44%). Com vistas a tornar factível o exame dos candidatos, posto que as listas geradas pelos programas abrangiam milhares de palavras, foi desenvolvida uma metodologia com o auxílio do Microsoft Office Excel 2007 para filtragem dos candidatos comuns entre todas as ferramentas e exclusivos de cada uma. Esse recorte nos dados funcionou como um “atalho metodológico” possivelmente viável no sentido de otimizar a seleção de candidatos a termo a partir de listas processadas por dois ou mais programas. 

 

Palavras-chave: Terminologia - Linguística de Corpus - Ferramentas computacionais - extração automática de candidatos a termo.  

 

 

 

BASES TEÓRICO-METODOLÓGICAS PARA A ELABORAÇÃO DE UM DICIONÁRIO PORTUGUÊS-ESPANHOL DE ECONOMIA

Odair Luiz Nadin

 

Abstract: The aim of this article is to present the theoretic-methodological bases for the construction of a bilingual terminological dictionary of economics which serves either Portuguese and Spanish speakers. The contrasted languages are the Brazilian Portuguese variety and the peninsular and Argentinean varieties. The purpose of this text is based on the principles of the Communicative Theory of Terminology - CTT (Cabré, 1999).

 

Keywords: Bilingual terminological dictionary, Terminology, Terminography, Communicative Theory of Terminology.

Resumo: Temos por objetivo, neste artigo, apresentar as bases teórico-metodológicas para a elaboração de um dicionário terminológico bilíngue de Economia que possa atender tanto aos falantes da língua de partida, quanto aos falantes da língua de chegada. As línguas contrastadas são o português na variedade brasileira e o espanhol nas variedades peninsular e argentina. A proposta delineada neste texto se fundamenta nos princípios da Teoria Comunicativa da Terminologia – TCT (Cabré, 1999).

 

Palavras-chave: Dicionário Terminológico Bilíngue – Terminologia – Terminografia - Teoria Comunicativa da Terminologia.

 

 

 

A IMPORTÂNCIA DAS NOTAS EM DICIONÁRIO TERMINOLÓGICO

PORTUGUÊS/ITALIANO

Rosemary Irene Castañeda Zanette

 

Abstract: Each terminological/terminographic work involving two languages, according to its objectives and user group, favors one or another part of the dictionary entry, mainly the equivalent or the definition. The cross-references also has a important rule in the construction of the product, to help the dictionary user to elucidate the information that seeks or expanding his knowledge, when he checks other suggested terms. There is also the option to include notes, linguistic or encyclopedic, that can improve the product very much, bringing curiositys or different kind of data, not included in the definition. Accordingly, this paper intends to present some discussion about the presence and the contribution of this last element, in the doctoral work Portuguese/italian bilingual terminology dictionary of cultural and natural heritage subfields. 

Keywords: Terminological dictionary – Italian – note. 

Resumo: Cada trabalho terminológico/terminográfico que envolva duas línguas, de acordo com seus objetivos e público-alvo, privilegia uma ou outra parte do enunciado lexicográfico, principalmente a forma equivalente ou a definição. O sistema de remissivas também tem papel fundamental na composição da obra, ajudando o consulente a tornar ainda mais clara a informação sobre o que procura ou ainda ampliando seu conhecimento, quando ele verifica outros termos sugeridos. Há também a opção de se incluir notas, linguísticas ou enciclopédicas, que podem enriquecer muito o trabalho, trazendo curiosidades ou dados de diverso tipo, não contemplados pela definição. Assim, este trabalho pretende apresentar algumas discussões sobre a presença e a contribuição deste último elemento, no trabalho de doutorado Dicionário terminológico bilíngue português/italiano das subáreas do Patrimônio Cultural e do Patrimônio Natural.  

Palavras-chave: Dicionário terminológico – Língua italiana - nota.

 

 

 

ASPECTOS SEMÂNTICO-LEXICAIS DOS TABUS LINGUÍSTICOS EM ATLAS LINGUÍSTICOS ESTADUAIS

Laura de Almeida

 

Abstract: This paper aims to study the linguistic taboos in the following linguistic atlases: Atlas Prévio dos Falares Baianos (APFB), Atlas Linguístico de Sergipe I (ALSE I), Atlas Linguístico da Paraíba (Alpa). We selected the topics referring to item II- Homem from the “Questionário Semântico-Lexical (QSL) from Alib”; more specifically, to the life cycles, that is, the linguistics varieties, which appeared in the answers to the following question: “Women lose blood every month. What do you call that? (Menstruation). To start we will present the taboo in question according to Freud’s opinion when he discusses the difference between temporary and permanent taboos. We will also study how this linguistic taboo is studied by scholars like Guérios (1979) when he shows the significance blood has among all peoples. Beyond this, we will elaborate on the relationship between “purity and danger”, which is studied by the Mary Douglas. Based on the theory mentioned, we will follow a path which will establish a contrast among all the maps presented and the conclusions that we can make as general. In this way, we propose a typology of the existing taboos found in the linguistic atlases mentioned.  A classification based on Guérios (1979) will be conducted, followed by an analysis of the lexicon and its varieties. This study intends in the main to display the phenomena of the linguistic taboos, as is recognizable from data recorded in linguistic atlases. The embodied cultures and world views of the different regions of Brazil could lead to deeper study.

 

Keywords: Terminology – Dialectology - Linguistic taboo -  Word taboo - linguistic atlas - linguistic variety.

Resumo: O presente trabalho tem por objetivo abordar os tabus linguísticos presentes nos atlas Atlas Prévio dos Falares Baianos (APFB),  Atlas Linguístico de Sergipe I (ALSE I), Atlas Linguístico da Paraíba (Alpa). Selecionamos os temas referentes ao item II- Homem do Questionário Semântico-Lexical (QSL) do Alib, mais especificamente aos ciclos da vida, ou seja, variantes linguísticas que ocorreram em resposta à seguinte questão: “as mulheres perdem sangue todos os meses. Como se chama isso? (menstruação). Inicialmente, apresentaremos o tabu em questão conforme a visão de Freud quando ele discute entre tabus temporários e permanentes. Estudaremos como esse tabu Linguístico é visto por teóricos como Guérios (1979) quando este ressalta  o significado que o sangue tem em todos os povos. Além disso, traçaremos um paralelo entre “pureza e perigo” que é abordado pela antropóloga Mary Douglas. Sob a luz dos teóricos mencionados, buscaremos traçar um percurso que permita estabelecer um confronto de todos os mapas apresentados e as conclusões que podemos tirar de caráter geral. Dessa forma, visamos propor uma tipologia dos tabus existentes nos atlas linguísticos mencionados. Elaboramos uma classificação com base em Guérios (1979), seguida de uma análise das lexias e suas variantes. Com este estudo pretendemos traçar um mapeamento da ocorrência deste fenômeno Linguístico nos atlas linguísticos mencionados, mostrando a cultura e a visão de mundo próprias dessas localidades. Busca também contribuir para um estudo mais aprofundado do material apresentado nos atlas linguísticos.

 

Palavras-chave: Terminologia – Dialetologia - Tabu Linguístico - Palavra tabu - Atlas linguístico - Variante linguística.