Palestra: Tradução/Transculturação da Literatura Latino-americana ao Inglês

Data do Evento: 
sex, 05/12/2014 - 14:00 - 15:30

O CITRAT (Centro de Tradução e Terminologia da FFLCH-USP), o Departamento de Letras Modernas da FFLCH-USP e o Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução da USP, convidam para a palestra:

 

“Tradução/Transculturação da Literatura Latino-americana ao Inglês”, 5 de dezembro, 14h – 15h30, Sala 266, Prédio de Letras”

Palestrante: Victoria Livingstone, Fulbright Scholar e Boston University

 

Recentemente, críticos como Pascale Casanova, David Damrosch, e Lawrence Venuti tescreveram que a circulação de textos literários no mercado mundial reflete as realidades econômicas e políticas, ou seja, argumentam que textos literários traduzidos ao inglês tendem a ser ´domesticados´ para corresponder às expectativas da cultura meta. Por mais que esta tendência esteja diminuindo, cabe ressaltar que nenhum texto adapta-se completamente à outra cultura. A transculturação- termo cunhado pelo antropólogo cubano Fernando Ortiz e desenvolvido pelo crítico uruguaio Ángel Rama - talvez sirva como um modelo mais adequado para descrever o processo de transformação de um texto. Esta palestra enfoca a tradução da literatura latino-americana (do espanhol e português para o inglês) entre 1930-1969, período que vai da Política de Boa Vizinhança até o “Boom.” Dentro das obras analisadas destacam-se as traduções de Sagarana e Grande: Sertão Veredas de João Guimarães Rosa, feitas por Harriet de Onís.

 

Victoria Livingstone é tradutora e doutoranda em letras latino-americanas na Boston University (EUA). Recebeu uma bolsa Fulbright para realizar pesquisas durante o ano de 2014 na Universidade de São Paulo. Tem poesia, resenhas, traduções, e artigos publicados sobre cinema, literatura e tradução.