Palestras: "História(s) da tradução no Brasil do século XIX: (re)fazer caminhos" e "Por uma história da tradução oral no Brasil do século XIX: uma introdução"

Data do Evento: 
qua, 19/08/2015 - 09:00 - 12:00
O CITRAT (Centro de Tradução e Terminologia) e o Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução convidam para as seguintes palestras de Dennys Silva-Reis, UnB, 9h e 10h15, 19 de agosto, Sala Caio Prado, Prédio de História e Geografia, Avenida Professor Lineu Prestes, 338 - Cidade Universitária – São Paulo – CEP 05508- 900, São Paulo
 

9h: História(s) da tradução no Brasil do século XIX: (re)fazer caminhos
 
O campo da história da tradução abrange outras áreas das ciências humanas, que já têm história própria. A disciplina que nos propomos a estudar aqui é recente e tem poucos trabalhos específicos no Brasil. Por meio da metodologia da micro-história e também das esferas da tradução, visamos investigar os tempos, os espaços, os discursos e os agentes da história da tradução no Brasil, especificamente no Oitocentos, em que a eclosão de traduções foi muito significativa, em especial no que tange aos folhetins. 
 
10h15: Por uma história da tradução oral no Brasil do século XIX: uma introdução 

Se para a história da tradução escrita já temos estudos descritivos e relatos críticos, a história da interpretação (ou da tradução oral) ainda está por vir. O trabalho de Lia Wyler (2003) dá um panorama do início dessa história no Brasil Colônia e de sua profissionalização, especialmente no Rio de Janeiro no século XX. Há uma lacuna no século XIX a ser preenchida e da qual ainda não temos grandes investigações. Pretendemos aqui mostrar alguns roteiros possíveis para o estudo da história da interpretação no Brasil no século XIX, bem como expor uma pesquisa inicial do tema.