Palestra: webinar CITRAT, LETRA e DLM, 14 de maio, 14h-15h30. O papel dos Estados Unidos na tradução da literatura brasileira (1943-1947), Eliza Morinaka, UFBa

O papel dos Estados Unidos na tradução da literatura brasileira (1943-1947), Eliza Morinaka, UFBa

Resumo: O Office of the Coordinator of Inter-American Affairs (1941-1946), uma agência subordinada ao Departamento de Estado dos Estados Unidos foi responsável pelas relações econômicas e culturais dos Estados Unidos com a América Latina durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945). A agência fomentou o intercâmbio de livros entre as Américas e contou com a participação de entidades filantrópicas e organizações não governamentais, além do envolvimento de vários professores, bibliotecários, tradutores, artistas, escritores e editores. Meu objetivo é apresentar a análise dos projetos do Office e seus colaboradores para a tradução da narrativa de ficção brasileira para o inglês no período de 1943 a 1947. Examinarei os documentos do Departamento de Estado dos EUA, da American Library Association, do American Council of Learned Society e da Rockefeller Foundation para demonstrar a influência do Office nas escolhas dos livros que representaram a cultura brasileira no período.  

Eliza Morinaka é professora do Programa de Pós-Graduação em Literatura e Cultura e da Graduação em Letras no Instituto de Letras da Universidade Federal da Bahia. 
Possui graduação em Letras pela Universidade Estadual de Londrina (1992), mestrado em Letras (Inglês e Literatura Correspondente) pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005) e doutorado em Literatura e Cultura pela Universidade Federal da Bahia (2017). 
É autora do livro Tradução como política: escritores e tradutores em tempos de guerra (1943-1947), Salvador:

EDUFBA, 2020.

Bibliografia

BARBOSA, Heloisa Gonçalves. The virtual image: Brazilian literature in translation. 1994. Tese (Doutorado em Translation Studies) – University of Warwick, Inglaterra, 1994. v. 1. Disponível em: http://wrap.warwick.ac.uk/56829/.

COHN, Deborah. The Latin American literary boom and U.S. nationalism during the Cold War. Nashville: Vanderbilt University Press, 2012. 

DARNTON, Robert. Censors at work: how states shaped literature. New York: W. W. Norton & Company, 2014.

FOERTSCH, Jacqueline. American Culture in the 1940s. Edinburgh: Edinburgh University Press, 2008.

HERMANS, Theo (ed.). The manipulation of literature. New York: St. Martin’s Press, 1984.

HIRSCH, Irene. Versão brasileira: traduções de autores de ficção em prosa norte-americanos do século XIX. São Paulo: Alameda, 2006.

JUNQUEIRA, Mary Anne. Representações políticas do território latino-americano na Revista Seleções. Revista Brasileira de História, vol. 21, n. 42, p.323-342, 2001. Disponível em: http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S0102-01882001000300004&script=sci_abstract.

MILTON, John; BANDIA, Paul (ed.). Agents of translation. Amsterdam: John Benjamins, 2009. 

MILTON, John. O clube do livro e a tradução.Bauru: EdUSC, 2002.

MORINAKA, Eliza Mitiyo. Agnes Blake Poor e os Pan-American Poems. Ilha do Desterro, Florianópolis, v. 72, n. 2, p. 127-152, 2019a. DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8026.2019v72n2p127.

MORINAKA, Eliza Mitiyo. Books, cultural exchange and international relations between Brazil and the United States in a context of war (1941-1946). Varia História, Belo Horizonte, v. 35, n. 69, p. 691-722, 2019b. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0104-87752019000300002.

MORINAKA, Eliza Mitiyo. Tradução como política: escritores e tradutores em tempos de guerra (1943-1947). Salvador: EDUFBA, 2020. 

MORINAKA, Eliza Mitiyo. Livros e política nas relações culturais dos Estados Unidos com o Brasil. Anuario Colombiano de Historia Social y de la Cultura. Vol. 48, n. 2, 2021. [no prelo].

OLIVEIRA, Laura de. Guerra Fria e política editorial: a trajetória das Edições GRD e a campanha anticomunista dos Estados Unidos no Brasil (1956-1968). Maringá, PR: EdUEM, 2015.

ROSTAGNO, Irene. Searching for recognition: the promotion of Latin American literature in the United States. Westport: Greenwood Press, 1997. 

SADLIER, Darlene Joy. Americans all. Texas: University of Texas Press, 2012.

TEBBEL, John. A history of book publishing in the United States. 2nd. ed. Harwich Port, MA: Clock & Rose Press, 2003b. v. 4.

TOOGE, Marly D’Amaro Blasques. Traduzindo o Brasil: o país mestiço de Jorge Amado. São Paulo: Humanitas, 2012. 

TOTA, Antonio Pedro. O imperialismo sedutor: a americanização do Brasil na época da Segunda Guerra. São Paulo: Companhia das Letras, 2000. 

 
 
 
 
​​​​​​​
Início
Data Início
Hora Início
02:00 pm
Término
Data Término
Hora Término
03:30 pm
Local
Canal FFLCH. https://www.youtube.com/channel/UCNiH334YQslyClYxjkM0X8A